AbdonMarinho - Home
Bem Vindo a Pagina de Abdon Marinho, Ideias e Opiniões, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017



A palavra é o instrumento irresistível da conquista da liberdade.

Rui Barbosa

Escrito por Abdon Marinho

AINDA A SOLIDÃO.
DESDE muito tempo é sabido que não se deve dizer missa a vigário, mas meu pai também dizia que o "erro" é da conta todos. Já registrei em outras mal traçadas linhas, a impressão, pessoal, do quanto o mister do governador Flávio Dino tem sido solitário. Parece-me não lhe sobrar um amigo verdadeiro para chamar-lhe a atenção por equívocos ou falhas.
A impressão se cristaliza diante do fato do mesmo haver sido referido em colaboração premiada de um dos executivos da empresa Odebrecht, como beneficiário de recursos não contabilizado para sua campanha ao governo estadual em 2010.
A acusação,...

Escrito por Abdon Marinho

AINDA A SOLIDÃO.
DESDE muito tempo é sabido que não se deve dizer missa a vigário, mas meu pai também dizia que o "erro" é da conta todos. Já registrei em outras mal traçadas linhas, a impressão, pessoal, do quanto o mister do governador Flávio Dino tem sido solitário. Parece-me não lhe sobrar um amigo verdadeiro para chamar-lhe a atenção por equívocos ou falhas.
A impressão se cristaliza diante do fato do mesmo haver sido referido em colaboração premiada de um dos executivos da empresa Odebrecht, como beneficiário de recursos não contabilizado para sua campanha ao governo estadual em 2010.
A acusação,...

Escrito por Abdon Marinho

O FIM DE UMA FARSA.
QUANDO me indagavam quais momentos da história política recente brasileira mais me emocionaram respondia respeitando a ordem cronológica:
A eleição de Tancredo Neves no Colégio Eleitoral. Ainda criança acompanhei a campanha pelas diretas, testemunhei o sentimento de frustração pela rejeição da emenda Dante de Oliveira, pelo Congresso Nacional. A eleição de Tancredo Neves, logo naquele início de 1985, foi uma espécie de compensação pela frustração experimentada no ano anterior. O primeiro presidente civil depois do Regime Militar iniciado em 1964. Era/foi algo mágico. Acompanhando voto a voto, não foi possível conter a emoção durante a...

Escrito por Abdon Marinho

AS VÍSCERAS EXPOSTAS DA REPÚBLICA.
NO INÍCIO desta Semana Santa, logo na segunda-feira, recebi a visita de um amigo e este indagou-me qual a leitura que fazia do atual quadro político, sobretudo, o estadual.
A minha resposta a ele foi que achava precipitada qualquer análise, ainda mais, se considerássemos que a Operação Lava Jato, poderia apresentar novidades sobre os atores envolvidos no processo político nacional e/ou estadual.
Fui além, disse-lhe: uma pesquisa que coloca o atual governo estadual com apenas 60% (sessenta por cento) de preferência, não deveria ser motivo de comemoração, mas de levar os governistas a acenderem o alerta vermelho.
E,...

Escrito por Abdon Marinho

O BRASIL DO AVESSO: A OUSADIA DOS FORAS DA LEI. 

JÁ NÃO SEI se li, vi ou se apenas delirei sobre a existência de um mundo do avesso. Neste mundo o Pinóquio não mentiria, pelo contrário só falaria a verdade e seria "tentado" a todo momento pelo grilo falante a mentir e a cometer desatinos; o Lobo Mau seria devorado por Chapeuzinho Vermelho; o Zorro seria preso todos os dias pelo sargento Garcia; Eliot Ness seria preso por Al Capone; o mal seria o valor moral em detrimento do bem; o certo seria o errado e este (errado) o correto. 

...
Escrito por Abdon Marinho

A TRAGÉDIA SEM FIM DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL.

DEFINITIVAMENTE o prefeito Edivaldo Holanda não tem "dado" sorte naquela que deveria ser sua pasta mais cara: a Educação. Herdado o governo dele mesmo, ou, como diria um outro, de si para si, este ano ainda não mereceu uma boa notícia do setor. Mais de uma vez já foi "surpreendido" com protestos dos pais e alunos que reclamam nos vários pontos da cidade das péssimas condições das escolas, da ausência de vagas, do ano letivo anterior que não terminou e do atual que não começou. Ou com noticias de escolas ruindo em diversos...